NOTÍCIAS


Prefeitura assina contrato de concessão do transporte coletivo


11/04/2019

A Prefeitura da Estância Turística de Olímpia assinou na tarde desta quinta-feira, 11 de abril, o contrato para a concessão do serviço de transporte coletivo do município. Agora, a empresa Auto Viação Suzano Eireli, vencedora do processo licitatório, tem até 120 dias para iniciar a operação na cidade.

O ato de assinatura foi realizado na sala de reunião do Gabinete Executivo e contou com a presença do prefeito Fernando Cunha, do diretor-presidente da Prodem, Leandro Pierin Gallina, secretária de Administração, Eliane Beraldo Abreu de Souza, o advogado da Prodem Renato Camargo Rosa e o proprietário da empresa Welter França Souto Ferreira.

A empresa trará para o município 12 veículos, sendo que 5 deles serão zero quilômetro e outros sete veículos com idade média máxima de seis anos (carroceria e chassis) e a idade máxima individual de 10 anos (carroceria e chassis). Todos os veículos da frota serão tipo ônibus convencional.

Os ônibus que entrarão em circulação serão equipados com sistema de monitoramento por GPS. O equipamento enviará informações em tempo real, com a localização exata do veículo, velocidade e previsão de chegada em cada ponto do itinerário previsto para linha. Essas informações estarão disponíveis para a Prodem e para os passageiros por meio de aplicativo para Android e IOS.

Outra novidade é a leitura facial. Todos os veículos serão equipados com sistema de biometria. O objetivo é coibir fraudes e assegurar que titulares de cartões eletrônicos expedidos para portadores de necessidades especiais (temporário e permanentes) e aposentados por invalidez sejam, efetivamente, os usuários transportados nos coletivos. O sistema armazenará os dados dos usuários (imagens faciais) devidamente cadastrados.

Os veículos também serão equipados com câmeras para captura de imagens internas e de gravação. Os equipamentos visam oferecer segurança aos passageiros e motoristas bem como evitar vandalismo no interior dos ônibus.

O transporte coletivo ainda será operado com sistema de bilhetagem e gerenciamento eletrônico, com a instalação de validadores e catracas eletromecânicas. O sistema deverá proporcionar a integração tarifária entre as linhas municipais, controle de gratuidades, controle de descontos na tarifa, controle de horários, além de estatísticas operacionais.

A concorrência foi realizada do tipo menor preço para outorga de concessão, ou seja, a vencedora foi a empresa que ofertou o menor valor de tarifa urbana e para os distritos. Além disso, a Viação Suzano foi a única empresa participante do certame habilitada pelos requisitos do edital, se propondo a garantir a qualidade do serviço e incrementar as ferramentas de tecnologia e segurança. O prazo inicial da concessão é de 10 anos, podendo, caso haja interesse da Prefeitura e da empresa vencedora da licitação, ser prorrogado por mais dois anos.

“A Administração Municipal preza pela qualidade dos serviços e segurança dos usuários. Por isso, nessa licitação exigimos quesitos importantes para garantir um transporte com melhores condições e que atenda aos pedidos da população que utiliza o serviço. Atualmente, 30% dos nossos usuários pagam pela passagem e isso dificulta o interesse das empresas, mas agora conseguimos contratar uma nova empresa e fiscalizaremos a prestação do serviço”, destaca o presidente da Prodem.




COMPARTILHE